The Great Dictator - O Grande Ditador - 1940

“Hannah, está me ouvindo?
Onde quer que esteja, olhe para cima!
Olhe para cima, Hannah!
As nuvens estão subindo, o Sol está abrindo caminho!
Estamos fora das trevas, indo em direção à luz!
Estamos indo para um novo mundo;
um mundo mais feliz,
onde os homens vencerão a ganância,
o ódio e a brutalidade.
Olhe, Hannah!”

Filme de 1940, do gênero comédia dramática e sátira crítica, dirigido por Charles Chaplin.

Chaplin apresenta dois personagens fisicamente idênticos, mas em situações opostas. Adenoid Hynkel (Charles Chaplin) é o grande ditador da Tomânia, uma nação que afundada numa crise passa a crer em coisas como grandes líderes e raças superiores. Já o outro, o Barbeiro dos judeus (Charles Chaplin), é o típico desajeitado que perdeu a memória na guerra e não entende o que está acontecendo em Tomânia e mais precisamente no gueto em que vive. Os dois nunca se encontram, mas suas vidas estão interligadas, pois a vida de um sempre depende das decisões do outro.

Um filme produzido em plena Segunda Guerra Mundial (1940), que será sempre lembrado pelo humor, ousadia, crítica social e criatividade, trazendo uma clara referência entre a relação de Hitler (Adenoid Hynkel) e Benito Mussolini (Benzino Napaloni).

Adenoid Hynkel assume o governo de Tomainia. Ele acredita em uma nação puramente ariana e passa a discriminar os judeus locais. Esta situação é desconhecida por um barbeiro judeu, que está hospitalizado devido à participação em uma batalha na 1ª Guerra Mundial. Ele recebe alta, mesmo sofrendo de amnésia sobre o que aconteceu na guerra. Por ser judeu, passa a ser perseguido e precisa viver no gueto. Lá conhece a lavadora Hannah (Paulette Goddard), por quem se apaixona. A vida dos judeus é monitorizada pela guarda de Hynkel, que tem planos de dominar o mundo. Seu próximo passo é invadir Osterlich, um país vizinho, e para tanto negocia um acordo com Benzino Napaloni (Jack Oakie), ditador da Bactéria.


Paródias do filme
1 - Nomes dos Personagens
Adenoid Hynkel - Adolf Hitler
Benzino Napaloni - Benito Mussolini
Garbitsch - Joseph Goebbels, político alemão, ministro da propaganda nazista e criador da solução final
Herring - Marechal Hermann Goring, comandante do exército alemão.

2 - Osterlich
Trata-se de uma paródia à Áustria do período da Segunda Guerra Mundial. O nome da Áustria, em alemão, é Österreich, gerando uma referência direta.
Osterlich é retratado na obra como uma nação pacífica, que acolhe os judeus refugiados do regime nazista da Tomânia. Porém é um país frágil, assediado tanto pela Tomânia como pela outra potência militar da história, Bactéria.

3 - Tomânia
É caricatura da Alemanha nazista.
No filme, Tomânia fora derrotada na Primeira Guerra Mundial, e durante os anos seguintes se reergueria internamente como uma nova potência industrial e militar. No momento retratado no filme, Tomânia era governada pelo ditador Hinkel e possuía uma máquina militar capaz de conquistar seus países vizinhos.

4 - Bactéria
Uma sátira à Itália fascista do período da Segunda Guerra Mundial.
No filme, Bactéria é governada pelo ditador Benzino Napaloni, e encontra-se como uma das maiores potências militares da Europa, rivalizando com Tomânia.


Acione a legenda no ícone à esquerda do ajuste de resolução

Título Original: The Great Dictator.
Elenco: Charles Chaplin, Paulette Goddard, Jack Oakie.

Carmen On Ice

Em italiano a palavra ópera significa “obra musical, trabalho”. A ópera é um gênero de música teatral em que uma ação cênica é harmonicamente cantada ou encenada e acompanhada de instrumentos musicais. As apresentações são, geralmente, feitas em teatros, acompanhadas por uma orquestra.

Através da música e da linguagem corporal, podemos compreender toda a história que nos é contada.

Carmen é uma ópera em quatro atos do compositor francês Georges Bizet, com libreto de Henri Meilhac e Ludovic Halévy, baseado na novela homônima de Prosper Mérimée. Estreou em 1875, no Opéra-Comique de Paris.

Essa ópera fala de homens e mulheres atormentados pela paixão. Retrata não o amor, mas a paixão descontrolada. Suas angústias, ciúmes, iras, insensatez e loucura.

A história se passa em Sevilha, Espanha, séc XIX.

Carmen é uma cigana que trabalha numa fábrica de cigarros. Sua beleza e sexualidade seduz os homens  e deixa as outras mulheres com ciúmes e inveja. 

A princípio, o cabo Don José não presta atenção em Carmen, que tudo faz para chamar-lhe a atenção, e logo, ele se torna profundamente apaixonado e obcecado por ela, a ponto de perder seu lugar na guarda e se juntar a um bando de contrabandistas, amigos da bela cigana.

Mas certo dia, Carmen se depara com um clamoroso toureiro e abandona Don José. Então, o pobre homem é tomado por um acesso de ira e ciúme.



Carmen: Katarina Witt
Don José: Brian Boitano
Escamillo: Brian Orser

Primeiro Ato
Praça em Sevilha, de um lado a fábrica de cigarros e de outro o quartel dos Dragões de Alcalá. Ao meio-dia há a troca de guardas e as operárias saem da fábrica. Entre elas está Carmen, uma cigana sensual, desejada por todos. Micaela está à espera de Don José, um cabo da corporação, trazendo uma carta de sua mãe que deseja vê-lo. Em seguida, tendo voltado ao trabalho, as operárias fazem um grande tumulto e saem pedindo ajuda ao tenente dos Dragões, o oficial Zuniga, que ordena a Don José que veja na fábrica a causa da confusão. Este retorna trazendo Carmen, que é presa por ferir uma colega numa briga. Carmen seduz Don José, que a solta e é preso por isso.

Segundo Ato
É noite na taberna de Lillas Pastia, onde Carmen, suas amigas, operárias, soldados e homens do povo se divertem. O bar está inflamado pela música, bebida e a atmosfera noturna quando é anunciada a chegada de Escamillo, um toureiro de Granada, que passa pela cidade para as touradas. As mulheres encantam-se com ele, inclusive Carmen, que espera Don José. Após a saída de todos, os contrabandistas pedem a ajuda de Carmen e suas amigas para fazer entrar a próxima carga na cidade. Don José aparece e é convidado por Carmen a unir-se ao grupo. Ele reluta, mas após duelar com Zuniga, que voltara ao bar à procura de Carmen, sem escapatória, vê-se obrigado a desertar e a se unir aos contrabandistas.

Terceiro Ato
Nas montanhas próximas de Sevilha, os contrabandistas, homens e mulheres se reúnem para entrar com o contrabando na cidade. Don José está arrependido e Carmen já não o suporta mais. Mercedes e Frasquita lêem a sorte nas cartas e só vêem futuro promissor. Carmen faz o mesmo e vê a sua morte. Don José fica de vigília quando aparece Escamillo, que diz estar tendo um caso com Carmen. Lutam e Carmen impede que Don José mate Escamillo. Micaela, que fora à montanha procurar Don José, lhe entrega uma carta de sua mãe, que está doente e quer vê-lo antes de morrer. Don José parte ameaçando Carmen e prometendo vê-la mais tarde.

Quarto Ato
Ruas de Sevilha, próximo à Praça de Touros. É dia de corridas. Vendedores e o povo se misturam com a chegada dos toureiros. Entram o grande Escamillo e Carmen, como sua nova namorada. Todos dirigem-se à Praça de Touros, menos Carmen, que é avisada por suas amigas de que Don José está ali e que é um perigo para ela. Carmen, sem temer nada, enfrenta Don José dizendo que não o ama mais e se desfaz do anel que ganhara dele. Após este ato de desprezo, Don José mata a cigana e chora sobre seu corpo.


A Carne é Fraca

Um documentário brasileiro produzido em 2005 pelo Instituto Nina Rosa a fim de provocar uma reflexão sobre as consequências do consumo da carne, sejam elas ambientais, sociais ou questões que envolvem a saúde humana e  direitos animais.

Aborda a questão ambiental e mostra como a produção da pecuária no Brasil pode ser prejudicial aos nossos recursos hídricos; a emissão de gases nocivos para a camada de ozônio; o desmatamento da amazônia; e o caminho da carne até chegar à mesa, as conseqüências da produção de carne para a alimentação de nós, humanos.

Este documentário vem sendo utilizado para informar as pessoas sobre o consumo da carne e suas conseqüências. Ele é essencial para aqueles que buscam informações sobre o assunto e uma arma para os defensores dos animais.


Earthlings - Terráqueos

Earthlings (Terráqueos) é um documentário estadunidense de 2005, escrito, produzido e dirigido por Shaun Monson e co-produzido por Persia White.

É narrado pelo ator e ativista dos direitos animais Joaquin Phoenix, que também é vegano e membro da PETA, maior organização de defesa dos direitos animais do mundo.

O documentário mostra como funcionam as fazendas industriais e relata a dependência da humanidade sobre os animais para obter alimentação, vestuário e diversão, além do uso em experimentos científicos. Compara o especismo da espécie humana com outras relações de dominação, como o racismo e o sexismo.

Faz um estudo detalhado das lojas de animais, das fábricas de filhotes e dos abrigos para animais, assim como das fazendas industriais, do comércio de peles e de couro, das indústrias da diversão e esportes, e finalmente, do uso médico e científico.

Terráqueos usa câmeras escondidas para detalhar as práticas diárias de algumas das maiores indústrias do mundo, todas visando o lucro com os animais.

O documentário levou cinco anos para ser produzido e, o que começou como uma série de uma campanha de conscientização pública sobre castração de animais de estimação, se tornou um longa-metragem que buscou tratar de cada tema principal relacionado com os animais.

Shaun Monson começou as filmagens para as campanhas de conscientização na Califórnia, no Estados Unidos. Assim que as filmagens terminaram, Monson passou a se interessar por outras áreas correlatas, como alimentação e pesquisa científica. Nesse meio tempo, ele acumulou uma pequena biblioteca, colhida em várias organizações, e começou a escrever um roteiro.

Aviso
Este documentário possui cenas realistas de extrema violência e imagens extremamente perturbadoras ou repulsivas para a maioria dos espectadores.
Antes de seguir em frente, pense a respeito.


Mistérios do Mundo Oculto

"Sofremos demais pelo pouco que nos falta
e alegramo-nos pouco pelo muito que temos"
(Shakespeare)

Vivemos num mundo de beleza oculta, tão sutil e delicada que é imperceptível ao olho humano.

Para trazer esse mundo invisível à luz, o cineasta Louie Schwartzberg, contorce os limites do tempo e do espaço com câmeras de alta velocidade, time-lapses e microscópios.

Neste vídeo ele compartilha destaques de um de seus projetos, um filme 3D com o título "Mistérios do Mundo Oculto”, que desacelera, acelera e amplia as surpreendentes maravilhas da natureza.

Abra sua mente e toque seu coração…
Louie Schwartzberg 

Louie Schwartzberg é um premiado cineasta, diretor e produtor.
Graduou-se na UCLA Film School no início dos anos setenta.
Sua carreira se estende por mais de três décadas.
Ele é reconhecido como um pioneiro no "high-end time-lapse”, uma técnica fotográfica que captura imagens durante horas, dias, meses para que possamos ver, o que o olho humano não é capaz de perceber.



Relatos Selvagens

Produzido por Almodovar, Relatos Selvagens do argentino Damián Szifron, é um filme que retrata seis histórias diferentes, ligadas por protagonistas que se transformam em feras, mostrando a falta de civilidade e a selvageria humana.

São histórias simples, sobre fatos cotidianos, revelando o amor, a vingança, a decepção, a ira, o desespero, o medo, a desesperança, a inveja, a tragédia e a violência, que nos faz identificar de algum modo, em algum momento de nossas vidas, com os personagens.

O que as histórias têm em comum são protagonistas fora de controle, que decidem fazer justiça com as próprias mãos, e no fazer justiça, se transformam em uma selvageria sem igual, até que, do fundo do poço em que se encontram, descobrem o verdadeiro amor e compreensão.

A primeira história é “Pasternak”.
Um aspirante a músico que reúne todos os seus inimigos em um só lugar.

A segunda, “As Ratazanas”
Uma garçonete que tem a chance de se vingar do homem que arruinou sua vida e sua família.

A terceira, “O mais Forte”
Uma briga entre dois completos desconhecidos que se encontram no meio da estrada e se desentendem por causa de uma ultrapassagem, o que gera um ódio e violência sem limites.

A quarta, “Bombita”
Um engenheiro tem o carro rebocado no dia do aniversário da filha. Ele se revolta contra as multas indevidas e a burocracia do sistema, que transformam sua vida em um verdadeiro inferno.

A quinta, “A Proposta”
Um milionário tenta livrar seu filho da cadeia após ter atropelado uma grávida, e se vê diante de uma grande polêmica.

A sexta, “Até que a Morte nos Separe”
Uma noiva descobre um caso do futuro marido em plena de festa de casamento.

Seis histórias brilhantes, com humor inteligente, que reúnem cenas de drama, romance, tensão, suspense, ação e  muita, muita violência. Mas, apesar de tanta tragédia, mesmo que engraçadas, as histórias sempre terminam de forma otimista e com uma moral a ser lembrada.

Um filme simplesmente excepcional!


Trecho da Palestra de Leandro Karnal  onde ele faz uma analogia de Hamlet com Relatos selvagens - “Ser louco é a única possibilidade de ser sadio nesse mundo doente” .
Mas cuidado! Spoiler.



Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...