Mom - Mãe

Uma história sobre a mulher, desde seu nascimento como um bebê, até se transformar em uma senhora idosa, passando pelas fases de filha, esposa e mãe. Um ciclo de vida que se repete seguindo as tradições coreanas, quando a mulher passa a viver com o marido, deixando sua família para formar uma nova família ao lado de seu esposo.

Uma bela história que nos faz refletir sobre amor, relacionamento, solidão. E ver, que, independente da nacionalidade, cultura e tradição, a história se repete, dia após dia, em quase todos os lugares do mundo.




Curiosidades sobre o casamento coreano

Uma das maneiras da mulher expressar seu amor ao homem é dizer "gatchi itgo shipuh", que significa, "eu quero ficar com você".

Talvez, por isso, o ritual do ganso selvagem, considerado companheiro eterno. O noivo deve presentear a mãe de sua futura mulher com um ganso. O animal, que pode estar vivo ou empalhado, e simboliza que ele estará sempre com a noiva, cuidando e amando-a para sempre.

O noivo geralmente vai à casa da noiva, após a cerimônia de casamento, passa 3 dias com a família da noiva e depois vai morar na casa do noivo.
Depois, o casal deve visitar a família do noivo e a noiva deve dar castanhas aos pais do seu marido. Eles a recebem com amor e como prova disso jogam sobre ela as castanhas.

Com a globalização, muitos dos costumes da cerimônia de casamento na Coreia vêm se modificando, e vários atos simbólicos deixados de lado, como bater nos pés do noivo durante a cerimônia, o choro da noiva antes do casamento, o vinho feito pela mãe e oferecido para os convidados da cerimônia... Mas a essência permanece.

E se for convidado para um casamento, não dê presente. Leve consigo um envelope com dinheiro para os noivos durante a cerimônia.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...