Django Livre - Django Unchained (2012)




Sinopse
Django (Jamie Foxx) é um escravo, comprado pelo caçador de recompensas alemão Dr. King Schultz (Christoph Waltz) para auxiliá-lo em uma missão. A dupla acaba fazendo amizade e, após resolver os problemas do caçador, parte em busca por Broomhilda (Kerry Washington), esposa de Django. Para isso, eles devem enfrentar o vilão Calvin Candie (Leonardo DiCaprio), proprietário da escrava.
Quentin Tarantino
Diretor: Quentin Tarantino 
Elenco: Jamie Foxx, Christoph Waltz, Kerry Washington, Leonardo DiCaprio, Samuel L. Jackson 
Produção: Reginald Hudlin, Pilar Savone, Stacey Sher, Harvey Weinstein
Roteiro: Quentin Tarantino
Fotografia: Robert Richardson
Trilha Sonora: Mary Ramos
Duração: 165 min.
Ano: 2012
País: EUA
Gênero: Faroeste
Cor: Colorido
Distribuidora: Sony Pictures
Estúdio: The Weinstein Company / Too Super Cool ManChu / Super Cool Man Shoe Too / Double Feature Films / Columbia Pictures
Classificação: 16 anos
Jamie Foxx, Christoph Waltz, Kerry Washington, Leonardo DiCaprio, Samuel L. Jackson


Django Livre - Trailer Legendado



A história se passa no sul dos Estados Unidos dois anos antes da Guerra Civil, Django Livre (Jamie Foxx), um escravo rebelde, com várias tentativas de fuga, que é vendido por seus ex-senhores.
Ao ser levado para outra propriedade conhece o caçador de recompensas alemão, Dr. King Schultz (Christoph Waltz), que precisa de Django, pois é o único que pode reconhecer os sanguinários irmãos Brittle.
Schultz compra Django com a promessa de alforriá-lo assim que capturar os Brittle.
Ao libertar Django, Schultz propõe uma parceria, e a promessa de resgatar sua esposa Broomhilda (Kerry Washington).
Descobrem que Broomhilda é agora propriedade de Calvin Candie (Leonardo DiCaprio), na fazenda “Candyland”, onde os escravos são preparados pelo treinador Ace Woody (Kurt Russell) para lutarem entre si por esporte.
Django e Schultz armam um plano para conseguir entrar na fazenda e poder comprar Broomhilda, mas despertam a desconfiança de Stephen (Samuel L. Jackson), fiel doméstico de Candie, escravo idoso e subserviente aos brancos.


O filme faz uma referência a uma lenda alemã em que aparecem os personagens Brunhilda e Siegfried.
O herói Siegfried corre em socorro de sua amada Brunhilda, presa em uma montanha rodeada de fogo e de dragões, como conta Dr. Schultz a Django.
Django seria Siegfried, cujo único objetivo é libertar sua amada esposa, a bela Broomhilda Von Shaft, escrava da Casa Grande, que foi ensinada por sua antiga dona a falar alemão, e que estaria presa em Candieland, nas mãos do perverso dragão Monsieur Candie.

Na linguagem do faroeste dos anos 60, mocinha em apuros é salva pelo mocinho, que precisa enfrentar muitos desafios para chegar até ela e conquistar o direito de desfrutar da felicidade do reencontro amoroso.


Tarantino mantém o tema de vingança de seus filmes anteriores, mas com um toque diferente, mais romântico.
É sutil ao mostrar as conseqüências de cada decisão tomada com o intuito de tomar a vida de outro, não poupando ninguém do castigo final.
Usa e abusa da sátira para passar seus recados.
·       Tema central, como sempre, a vingança. Django, um vingador para as atrocidades cometidas no passado, na época em que existia a escravidão no sul dos EUA. Mas também, uma história de amor, idealização, sonhos
·       A trilha sonora do filme é uma miscelânea que vai do country, passando pelo soul, hip hop até o rap.
·       Retrata a Ku Klux Kan como verdadeiros imbecis encapuzados que, antes de partirem para destruir Django, param para discutir sobre a utilidade de seus capuzes.
·       Faz uma participação especial, uma cena onde ele literalmente explode.
·       Dr. King Schultz, um alemão contratado pelo governo dos EUA para ser caçador de recompensas. Realiza seu “trabalho” da forma mais fria e cavalheiresca possível. Apesar de ser um assassino profissional, tem valores. É contra a escravatura e as atrocidades cometidas em seu nome, e se sensibiliza com a história de amor entre Django e Broomhilda.
·       Faroeste com herói negro, escravo, cujo desafio é resgatar a “donzela”, com direito a vingança contra os brancos sulistas que agem monstruosamente em nome de uma suposta supremacia da cor da pele.
·       A relação de pai e filho entre Stephen (fiel escravo) e Calvin Candie (racista e impiedoso proprietário da fazenda)
·       O próprio nome da fazenda, Candieland (terra doce), local onde ocorrem as piores atrocidades contra os escravos.

Em minha opinião, Tarantino se supera.
O filme é delicioso, engraçado, com fundo moral, figurino sensacional, cenas lindíssimas e, claro, muito, muito sangue.
Imperdível!

Torrent

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...