A Menina Que Roubava Livros – The Book Thief

Alemanha, Fevereiro de 1938.
Adolf Hitler disseminava sua teoria racista, o preconceito e a hostilidade contra judeus baseada no ódio contra seu histórico étnico, cultural e religioso, na sua forma mais extrema, difamando-os como um grupo inferior e negando a eles qualquer direito como ser humano. As pessoas contrárias a este pensamento eram consideradas comunistas, e recebiam o mesmo tratamento. O medo e a fome, uma constante. A Morte... Era seu principal aliado.

Neste cenário, conhecemos Liesel, uma garota com um grande coração, e viajamos com ela em sua história de vida, onde ela aprende a pensar por si mesma e a preservar a sua humanidade, através da leitura.

Um filme emocionante, envolvente, ótima fotografia e atuação dos atores. Mostra o outro lado do Nazismo e da Guerra, o lado das pessoas que viviam na Alemanha, e as diferenças sociais bem marcantes – a vida levada pelo prefeito da cidade, amigo de Hitler, e das pessoas comuns. Um filme que superou a minha expectativa.

Não deixe de assistir, nos Cinemas, ou on line

Trilha Sonora do Filme A Menina Que Roubava Livros – John Williams

Era uma vez, um fantasma de um garoto que gostava de viver nas sombras para não assustar as pessoas.
Ele estava ali à espera da irmã que ainda estava viva.
Ela não tinha medo do escuro, porque ela sabia que seu irmão estava lá.
Quando a escuridão chegava em seu quarto à noite, ela contava para o irmão sobre o dia.
Ela o lembrava de como era a luz do sol tocando a pele e como era a sensação de respirar. Da neve caindo na pele e na língua...
Isso a lembrava de que ainda estava viva.
Trecho de uma história contada por Liesel




6 comentários:

  1. Olá boa noite, sou contadora de histórias e tenho uma pergunta para lhe fazer. Não sei se me pode ajudar.
    O trecho que tem aqui da história contada por Liesel, sabe-me dizer onde posso encontrar essa história completa? Gostava tanto de a encontrar...
    Obrigada :-)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Estive procurando, mas essa história faz parte da fala de Liesel no filme, e não uma história verdadeira. Ela notando o medo nas pessoas, começou a contar uma história para que as pessoas se sentissem melhor.

      Excluir
  2. Se precisar de alguma história específica ou sobre algum tema, entre em contato comigo através do blog ou do Face através de mensagem para cristina.corradi2@facebook.com.
    Terei o maior prazer em lhe ajudar.
    Grande abraço!

    ResponderExcluir
  3. Olá, qual o nome da sua pagina no faecebook ? Se possível, gostaria que deixasse l link

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Greizzon
      Desse blog não tenho mais uma página no face. Mantenho somente o Glúten Free - @glutenfree2. Em minha página pessoal aberta ao público deixo o link deste e dos outros blogs. /cristina.corradi2
      Seja bem vindo!

      Excluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...